Date A Live


Páginas (19): « Anterior 1 ... 15 16 17 18 19
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
0 votos
283 respostas neste tópico
 #271
Date a Live volume 18: Mio Game Over

Capítulo 5: Aquele que aperta o gatilho (cuidado com falsos-cognatos!)

Spoiler:  
Tohka mito d++++++++++ puta merda que garota sensacional.
Na hora que ela gritou "O SHIDOU É MEU!" eu dei uma guinada 360º aqui

Mas sinceramente eu quero mandar o Tachinaba TOMAR NO CU pq dessa vez ele simplesmente forçou a barra do powercreep. Não bastava a criação de um território absoluto e a irradiação de MORTE, a Mio precisava mesmo de um poder de APAGAR A EXISTÊNCIA de alguém? Quando ela vira e diz "vanished into nothingness" eu desguinei os 360º pro lado oposto

Quando a Kurumi chegou eu fiquei "caralho" e aí foi avançando a cena e eu fiquei "caralhoooo" e aí chegou no ápice da cena que ela vira e fala dos lábios e o shidou e eu gritamos ao mesmo tempo "CARALHOOOOO A SEXTA BALA"

Aliás, nessa cena mesmo, teve uma frase que mostra que não fui só eu que tive a impressão de que a Kurumi é fria e calculista:
"However, it was unimaginable for Tokisaki Kurumi to do this. That girl, no matter what limit she was pushed into, would never use her secret bullet without some purpose."
A ideia que o Shidou tinha na cabeça sobre a Kurumi é justamente essa imagem de que ela não faz nada sem um propósito, e que tudo tem que servir ao objetivo maior dela. E é essa a imagem que eu tenho dela também. Mas enfim.

MAS AÍ O SHIDOU VIRA E USA O ZAFKIEL E A MIO FICA "NANI?" E AÍ TEM A ILUSTRAÇÃO FODA PRA CARALHO DO SHIDOU COM O OLHO DE RELÓGIO EU SIMPLEMENTE AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA TSUNAKO CASA COMIGO

E o "final" vai ser exatamente o que eu tinha imaginado e claro que vai, que outra forma de acabar com isso se não voltando as origens? Isso e o fato de a Mio ser literalmente invencível.

Eu vou matar o Tachibana Koushi
sinceramente acho que nessas 18 páginas de tópico deve ter pelo menos umas 100 ameaças de morte ao cara, se alguém quiser prender a gente consegue fácil

O vol19 já está no meu celular e eu o começarei a ler amanhã mesmo.
Responder
 #272
Date a Live volume 19: Mio True End

Capítulo 1: Responsabilidade dos Sobreviventes

Spoiler:  
Esse primeiro capítulo foi bem mais leve do que eu imaginava?
Se compararmos o ESTADO EMOCIONAL do Shidou aqui, com como ele estava no começo de Tobiichi Devil, por exemplo... Parece que ele se acostumou com desgraças? Acho que depois de resetar o mundo que deu game over uma vez e ver que dá certo, eu também lidaria com mais calma na segunda vez.
Bem, ainda assim foi uma volta SENTIMENTAL. Ele abraçando a Tohka foi lindo e a Tohka é simplesmente uma garota muito fofa sinceramente eu adoro a Tohka.

A Reine NÃO SABENDO LIDAR com o Shidou foi muito bom também.
Aliás adorei que tivemos uma explicação melhor sobre a SITUAÇÃO DE VIDA da Reine, né. O motivo dela ter olheiras, como ela viveu esses tantos anos "se passando por humana", etc.

Quanto ao resto do capítulo... A Parte da Miku foi engraçada pq estamos naquela altura do campeonato que pensamos "ah bicho já passamos dezoito volumes lidando com isso, acho que acostumamos com a merda já né".
A parte da Origami foi incrivelmente hilária para uma questão "séria" que ajudou no desenvolvimento do capítulo; e o encontro da Tohka com a Reine também.

Inclusive, todas foram muito fortes, mas em especial a Kotori foi sensacional. Ela é uma das personagens que mais "cresceu" na trama... Conseguiu canalizar todas as dores e sofrimentos dela e se manter firme como comandante, tudo graças aos laços pretos...
Sinceramente, dentre todas as personagens da série, ela é quem eu mais quero ver sendo feliz no futuro, pq coitada...

E o Shidou sair pra falar com a Kurumi foi a coisa MAIS ÓBVIA que existiu. Mas foi uma cena que eu gostei de como foi executada. A relação do Shidou com os CLONES DA KURUMI sempre foi muito boa, e dessa vez, tivemos um "gostinho especial"... Gostei.

E bem, vamos continuar a leitura pq esse volume está parecendo promissor.
Responder
 #273
Date a Live volume 19: Mio True End

Capítulo dois: O segundo encontro

Spoiler:  
Ah não mano
como assim
COMO ASSIM NÃO É POSSÍVEL

Essa era a ÚLTIMA CHANCE do Shidou. Era a oportunidade final que ele teve pra tentar salvar a todos e ele perdeu. Não tem mais nada que ele possa fazer agora, estamos literalmente a mercê de um espírito hipervingativo que descobriu que nós mexemos com o passado dela com o propósito de enganá-la.

A impressão que eu tenho é que os últimos três volumes que eu li foram todos centrados arredor do conceito de "Caralho, eu criei um monstro e uma situação que são impossíveis de lidar... Eu preciso fazer alguma coisa pra salvar minha história mas eu mesmo não faço ideia de o que fazer... Vou escrever uns bagulho aleatório até chegar um momento que algo faça sentido".

Pq assim... Fazer o Shidou tentar selar os poderes da Reine foi uma cartada muito boa e que, na situação onde estamos, parecia ser a única alternativa. A todo o momento nós tínhamos a sensação (em várias passagens, confirmadas pelas próprias personagens) de que essa era a situação final. Que se isso não funcionasse, já era.

E bicho, veja a situação atual: Agora o espírito de origem ESTÁ CIENTE de tudo que aconteceu no passado e que vc já voltou no tempo. Obviamente ela não vai deixar que isso aconteça dnv (situação: pior que antes); O Westcott e a DEM TAMBÉM SABEM do passado e agora o Shidou não possui nenhuma técnica para vencer o Ike (situação: muito pior que antes); Por causa dos pontos anteriores, a Ratatorsk se preparou MENOS para o confronto e estará numa desvantagem estratégica, visto que a DEM vai atacar ANTES do previsto (situação: horrivelmente pior que antes)...
Isso tudo sem contar com o fato de que agora, ambos os lados sabem que o espírito de origem vai aparecer, então o ELEMENTO SURPRESA que fez com que a batalha tomasse um rumo tão inesperado mas que favoreceu a Ratatorsk (de certo modo né) não vai mais acontecer...

ou seja, a situação inteira não só continuou ruim, como PIOROU.
Coisas que mudaram e que podem ser consideradas "positivas" e que "provavelmente são os únicos pontos que podem ser utilizados como um asspull pra salvar a trama":
a) A Kurumi ter sido avisada de o que ia acontecer e se preparar de alguma forma;
b) Esse encontro tenha causado mais impressões boas do que ruins na Reine/Mio, e isso afete as decisões dela com relação aos espíritos/Shidou.

E só. Todo o resto está pior. Todas as "conquistas" do mundo anterior foram despedaçadas e não poderão ser replicadas nesse mundo.
Então, sinceramente, eu quero que o Tachibana exploda pq vai se fuder.

Mas quanto ao encontro em si... Vai se foder Tachibana eu não aguento issooooooooooooooooooooo
A Reine é uma psicopata hipervingativa e que acabou de matar todas as personagens a sangue frio, vc não pode me fazer simpatizar com ela!!!!!!
O encontro foi muito bom pq a cada 5 linhas alguém sofria DANO CEREBRAL. Ora a Reine, ora o Shidou ficava tão espantado com alguma coisa que eles derretiam a cabeça por uns segundos.
As ilutrações da Tsunako são de MORRER sinceramente eu não aguento isso a Reine dormindo no ombro do Shidou aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Agora eu quero ver como eles vão lidar com essa situação.

Resumindo: Morte ao Tachibana Koushi
Responder
 #274
Date a Live volume 19: Mio True End

Capítulo 3: O campo de batalha que não deveria existir

Spoiler:  
TONOMACHI BEST TOMODACHI
IMAGINE VOCÊ ESTAR PRESTES A MORRER E SUA ÚNICA REAÇÃO É ENFIAR A CARA NAS COXAS DE UMA GURIA? Ele claramente está vivendo sua vida ao máximo.

Esse capitulo foi bem PORRALOCA pro meu gosto. Parece que aconteceram coisas demais de uma vez...
Começou o ataque da DEM, tivemos ameaças contra uns 5 grupos diferentes de civis, resolução dessa ameaça, briga final entre Ratatorsk e DEM, surgimento da Kurumi, morte extremamente anticlimática do Westcott, power-spike da Kurumi, resurgimento da Mio, perda do power-spike da Kurumi, power-spike do Shidou...

Não é COISA DEMAIS pra um capítulo só? Eu fiquei extremamente bolado, especialmente com o jeito super anticlimático que o Westcott foi removido de cena. Ele é o fodendo vilão principal da história e levou uma batalha super árdua no último time-reset pra conseguir derrotá-lo... Aí dessa vez ele é derrotado em questão de cinco linhas? Sinceramente...

No final das contas, a única coisa legal mesmo desse capítulo foi ver a Kurumi finalmente dando os poderes pro Shidou, e o Shidou ativando o instinto superior por conseguir os 10 séfiras.

Vamos ver se agora o Shidou consegue convencer a Mio. Eu acho muito difícil, mas é literalmente a única solução.

Tachibana Koushi, se vc não tivesse a ajuda da Tsunako eu já teria trucidado a sua vida miserável
Responder
 #275
vini, finalmente vc chegou no primeiro ponto que eu estava louco pra desabafar com alguém a respeito desse volume Sorrisão

Spoiler:  cof* cof* vamos lá  

COMO ASSIM ELA TRANSFERIU A POHA DA SÉPHIRA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ?!?!?!?!?!

não é a primeira vez que vemos espíritos usando skill X de forma diferenciada, hell não é nem a primeira vez que vemos a kurumi fazer isso, mas poha, ir de "transferir memórias" pra "literal troca de corpo" é dose neh filhão -.-

e sim, anticlimático é a definição perfeita pro que aconteceu com o westcott... não que eu esteja reclamando, tipo, já vai tarde fdp escroto do caráleo >=(

a medida que vc for lendo eu falo do resto Piscada
Responder
 #276
Date a Live volume 19: Mio True End

Capítulo 4: Paraíso momentâneo


Spoiler:  
Bem, era ÓBVIO que o Ike tinha alguma carta na manga. Afinal, ele saiu com um BURACO NO PEITO e tava feliz da vida. Alguma coisa ele tinha que ter. Mas... EVOCAR OUTRO ESPÍRITO? porra

Tenho que dizer que eu adoro a Nia, o jeito que ela se comporta é simplesmente genial. As reações dela a TUDO que acontece na nave é bom demais pqp. Quando a Kurumi vira e tira o Rasiel e ela fica 300% salty é mto bom aaaaaaaaaaaaaa
(Aliás, gostei da ilustração da Kurumi com o Rasiel, obg Tsunako)

MAS MEU AMIGO O QUE QUE FOI ISSO QUE ACONTECEU DENTRO DO CASULO?
BEU TEUS CARALHO o que está acontecendo
Os "quatro" brincando na praia e se divertindo e sendo felizes e eu tipo UGHHHHHHH PQ FAZ ISSO COMIGO a ilustração da Mio e da Reine também mto boa
mas o GOLPE FATAL foi mesmo o final quando o Shidou vira e fala "vc só queria morrer né" e eu AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

eu não aguento isso não vai se fodeeeeeeeeeeeeeeer



E JC... Tenho que admitir...


Spoiler:  
Foi bullshit pra caralho mesmo essa história da Kurumi "transferir o Séfira de corpo"... Ela não explicou NADA, na verdade. Ela só disse o seguinte:

"I transferred my memories and Sephira Crystal to a clone generated by the Eighth Bullet <Het>.
──Needless to say, prior preparation is necessary.
(...)
Well, I’ll tell you the details later if we have the chance──"

Se você ainda está putaço com isso, imagino que não tivemos a chance de sentar e recebermos as explicações, né?

A MINHA teoria é que ela preparou um clone logo antes desse conflito, e voltou a consciência pra ele usando a Sexta Bala. Sabemos que a Sexta Bala transfere "tudo" do usuário pro passado. Afinal, a Kurumi abusou disso no volume 16.

Então quando sabia que ia morrer, ela preparou um clone poucos minutos (ou segundos) antes de morrer, e quando estava prestes a morrer, usou a Sexta Bala para "transferir tudo" para esse clone em específico. Assim, ela voltaria só alguns minutos no passado, quem morreria seria uma "carcaça" (pq não é bem um clone, mas também não é a original), e ela poderia retornar ao combate rápido.
Por isso é algo que "requer preparação".

De novo, é só uma teoria. Mas que foi bullshit as fuck, foi sim.
Responder
 #277
Spoiler:  
É uma boa teoria, mas né, teoria...

até o momento nada foi explicado na novel pelomenos. talvez expliquem em algum dos encores ou no próprio DaB(que aparentemente é canon), mas honestamente, a cada volume que passa eu sinto mais e mais que o tashibana só tá "empurrando ela com a barriga". ou ele está realmente muito sem tempo e tendo que resumir muita coisa nesse finalzinho(o que explicaria aquela correria do cap 3), ou ele tinha uma ideia sobre o que queria fazer com o personagem, fez toda a preparação e talz mas na "hora H" ele parou e pensou: ...Hum, parecia melhor na minha cabeça... but anyway, too late! - daí "desistiu" dela :'D

tendo dito isso: pelomenos na forma que ela se comporta/pensa ela continua okey, foi só nesses pontos envolvendo todo o "plot" dela que a coisa ficou estranha.

btw a respeito do astral dress da kurumi com a rasiel: mano, uma curiosidade que eu acho que nunca comentei - TODOS os astral dress alternativos da kurumi me agradam mais que o original dela rsrsrs
Responder
 #278
EU VOU COMETER UMA ATROCIDADEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

AH MAS NÃO É POSSÍVEL VAI TOMAR NO CUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

vai se fuder capitulo 5:


Spoiler:  
Vamos por partes...

O capítulo final foi perfeito. Simples assim.
Tudo que tinha que acontecer, aconteceu, da forma que tinha que acontecer e foi extremamente satisfatório. Não vou dizer que não foi triste, mas ser triste era uma coisa intrínseca do momento e não tinha como não ser.

Como eu já gritei com você no whatsapp, eu simplesmente AMEI a Nia nesse volume, e nesse capítulo em especial. A MARIA APARECENDO FOI 1000000000000/10 PUTA MERDA a Nia comandando ela como um Pokémon e a Maria respondendo como um Pokémon e socando ela MANO é por isso que eu amo date a live

e mano
MANO

o shidou
SOCANDO
A CARA
DO WESTCOTT

VAI TOMAR NO CUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU essa é uma das cenas mais épicas de toda a novel vai se fudeeeeeeeeeeeeeeeeee aaaaaaaaaaaaa

E a Mio é um exemplo claro de como o Tachibana sabe escrever, ele só fodeu a Kurumi DE PROPÓSITO por algum motivo.
Pq bicho.
pra vc transformar uma genocida lunática que literalmente matou todas as personagens e destruiu o mundo NO VOLUME PASSADO em alguém gostável e que vc realmente fica bolado por ir embora... Precisa de esforço.
Tá certo que ele já foi ajeitando o terreno com todos os flashbacks e tal, mas ainda assim, porra...

Ali no finalzinho, que o Shidou vira e fala "O Shin é melhor que eu..." numa voz rachada, aos prantos, e aí aparece o ursinho de pelúcia... Bicho do céu, o negócio BATEU FORTE.

SÓ QUE TEVE AQUELE FINAL QUE EU SIMPLESMENTE QUIS ARREMESSAR O MEU CELULAR PRO OUTRO LADO DO TREM DE TANTO ÓDIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO MEU DEUSSSSSSSSSSSSSS

Cara, esse era tipo o final PERFEITO pra série. Só precisávamos de umas 15 páginas descrevendo o futuro e PRONTO. Se quisesse forçar a barra, até um volume inteiro de finalização. Olha que ponto perfeito:
- Vilão foi derrotado de forma épica;
- Organização malvada foi desmantelada e a maioria dos capangas estavam em situação controlada;
- A outra "vilã" da história se redimiu da maior e melhor forma possível, e ainda conseguiu ter um "final feliz" que ela queria;
- A organização boazinha cumpriu (com ressalvas, vide item anterior) sua missão, e agora todos os espíritos poderiam viver tranquilamente, tendo em vista que o maior perigo contra eles se foi (vide item 2);
- A Kurumi também cumpriu com ressalvas sua missão. Apesar dela não conseguir evitar a criação dos espíritos, ela conseguiu acabar com o espírito de origem, e honestamente acredito que depois do que a Mio fez e passou (além da mudança brusta de personalidade da Kurumi que discutimos mais cedo), a anti-heroína da série estaria satisfeita com a situação dela;
- Descobrimos literalmente TODOS OS MISTÉRIOS que assombravam a trama, e talvez a única questão que ainda esteja em aberto seja o passado dos espíritos. Coisa que poderia ser resolvida em questão de MINUTOS com a Mukuru;
- O Shidou aceitou sua situação e entendeu perfeitamente os sentimentos do Shinji, sem deixar de ser ele mesmo;
- OS PARALELOS MANO. o Volume 1 chamava "DEAD END Tohka" e era basicamente sobre o shidou morrendo, e o volume final chamaria "Mio TRUE END" e foi sobre o shidou lutando para que todos vivessem...

yada yada poderia ficar aqui mais algumas horas citando pontos.

MAS AÍ O FILHO DA PYTAAAAAAAA DECIDE ENFIAR UM PLOT TWIST R.E.T.A.R.D.A.D.O NO FINAL SÓ PRA GERAR MAIS VOLUMES
SÉRIO, VAI SE FODER


Eu simplesmente não aguento e vou MATAR alguém hoje
sinceramente


@edit rapidão pq li seu post sobre esse volume agr, JC:

Spoiler: Mio e Ike  
Talvez isso seja uma questão de ponto de vista, mas pra mim, o Westcott não estava "apaixonado" pela Mio.

Quando ele vira pro Woodman e fala "nós somos compadres que fomos rejeitados pela mesma garota", ele está referenciando os acontecimentos que ACABARAM DE ROLAR, quando ele pergunta pra Mio "Onde foi que deu errado? Eu fiz tudo que estava ao meu alcance, e estou até com os poderes do espírito de origem em mãos..." e a Mio responde pra ele "Você errou desde o começo... Afinal, você não é o tipo de cara que eu escolheria".

Isso foi uma rejeição, e foi propositalmente escrita de forma semelhante a uma rejeição amorosa, mesmo não sendo. Foi o Tachibana sendo filho da puta (positivamente).

Eu realmente acredito que o Ike não é o tipo de personagem que "se apaixonaria".

Spoiler: Artemisia  
Cara, mata ela não wtf
Ela está sob LAVAGEM CEREBRAL, lembra? Ela é uma menina SUPER FOFA E BOAZINHA, dá uma lida em Date an AST-like que você vai conhecer ela melhor. Coitada...
Responder
 #279
então vini, comentando o seu comentário comentando o meu comentário(whut?!) de uns sete meses atrás:

Spoiler:  
westcott e mio: EXATAMENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!
a história deixou claro que o westcott era um psicopata filho da puta desde que era criança, que o sentimento de "amor" é algo meio que inexistente nele, daí vem esse diálogo "cutecute", mano, NÃO POHA VSF TACHIBANA!

artemisia: honestamente, eu não desejo REALMENTE a morte de ngm de DaL, nem do westcott pra vc ter uma ideia(embora eu não iria chorar por ele se ocorresse), o lance é que, assim como a rin(fate), tem um momento em específico da trama(que eu até já te falei) que ela tomou uma atitude que eu achei detestável e que não pode ser varrido por uma "foi pq ela sofreu lavagem cerebral", tipo, a mana tbm sofreu e ela nunca foi escrota assim(não que eu lembre pelomenos). daí apesar de eu ter consciência que ela não é uma má pessoa at all (assim como a rin tbm não é), eu joguei ela pra categoria "não odeio mas tbm não gosto o bastante pra me importar at all"

e aproveitando a deixa:

Spoiler:  
kurumi: first things first- eu estou sim satisfeito com o desfecho de tudo envolvendo o "arco" dela, eu torcia MUITO pra ela deixar toda essa merda de lado e seguir adiante, P.O.R.E.M... algo nele me deixou com um gosto estranho na boca: ela "largou o osso" muito fácil. ela abandonou literalmente tudo em prol dessa vingança e viveu assim por cinco anos, mas se na hora H ela ia deixar passar só com um "não gosto da ideia de ajudar a mio mas que seja"... pra que serviu todo esse drama então?! pra que aquele papinho de "posso desistir de tudo menos da minha vingança" se ela ia desistir de tudo assim tão fácil?! wtf men -.-

mais uma vez: estou sim feliz com esse final, só achei que ela ia oferecer um pouco mais de resistência levando em consideração todo o drama criado em torno dela(tipo alguma seninha dela "jogando tudo que tava preso na garganta" na cara da mio e a mio dando uma de gêzuis/mãe seilá e ela terminando com um "não me entenda mal, não é como se eu tivesse te perdoado, mas se vc faz tanta questão assim de se matar, be my guest" ou algo assim) mas anyway, rapi endo e é isso o que importa.

mini spoiler inocente que não vai estragar nada at all: pelomenos é legal que o tachibana incorporou nos diálogos da kurumi que ela ainda tem uma certa hostilidade para com a mio no vol 20(tipo, ela faz questão de NÃO pronunciar o nome dela, como se tivesse nojo ou coisa assim :v)

quanto ao final: qualquer comentário meu hoje poderia ser considerado um spoiler, mas na época, eu fiquei putasso mas por uma razão um pouco diferente -q
Responder
 #280
OH SHIT

Date a Live: Rinne Utopia (Visual Novel)
Primeiro post, sobre a ROTA DA TOHKA.

Spoiler:  
Primeiramente gostaria de lembrar que essa novel é 100% canônica e todos os acontecimentos aqui presentes são reais.
A canonicidade de Rinne Utopia é comprovada pelo volume 10 e 11 da novel.

Anyway

Comentários gerais sobre o jogo, pela minha primeira vez jogando:
O jogo é exatamente igual a novel, no sentido de ser possível perceber que foi o Tachibana mesmo que dirigiu a história do bagulho. As cenas de chacota são tão boas (se não melhores, por conta da voz+imagem) quanto as da novel, e as cenas sérias tem a mesma pegada.

A história do jogo se passa no final de junho. Ou seja, logo após os acontecimentos do volume 4. Isso é meio óbvio, tendo em vista que a novel foi lançada com o intuito de atrair as pessoas que tinham assistido ao animê, que só tinha uma temporada na época.
Por conta disso, estamos com um elenco bem limitado. Tohka e Yoshino são as únicas espíritos seladas; Kurumi está a solta e ninguém entende nada do que ela diz, mas ela aparece de vez em quando pra alguma artimanha; Mana está hospitalizada então nem dá as caras...
Com isso, as opções de "heroínas" se resumem a Tohka, Yoshino, Origami e Kotori... Eu acho?

Pq assim, o jogo tem um sistema de "encontros" (é pois é). Cada dia vc pode ir em até dois encontros com heroínas. E durante a minha primeira jogatina, eu só vi "encontros" com essas 4. Então não sei dizer se a Kurumi é uma opção... Talvez eu encontre durante minhas próximas rodadas.

Falando no sistema de encontros, esse jogo é uma VN bem tradicional, que tem flags e escolhas relevantes, e também possui bad endings.
Durante minha primeira rodada, eu fui fazendo escolhas baseado naquilo que eu conheço do Shidou, né. Eu gosto de "incorporar a personagem" quando jogo RPGs, então abri mão de minhas escolhas pessoais (que seriam a Rinne, já falo dela) pra interpretar o Shidou...
E isso fez com que eu caísse em não um, mas DOIS bad endings. E nesses dois bad endings, eu tive a EXATA mesma sensação que eu tive lendo os volumes não adaptados da novel: "QUE DESGRAÇAAAAAAAA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA EU ODEIO ESSA MERDA mas nossa eu achei interessante e intrigante estou interessado de verdade MAS PUTA QUE PARIU QUE ÓDIOOOOOOOOOOOO". Parece que é uma característica da escrita do Tachibana deixar o leitor frustradamente interessado.

Enfim, acabei driblando minhas "escolhas erradas" para cair na rota da Tohka, e foi a coisa mais preciosa que eu já vi... A Tohka, quando não está sendo uma psicótica maluca, é uma graça de guria que eu amo de paixão.
Os encontros da "common route" com a Tohka são um pouco pedregulhosos, mas faz parte do charme e do desenvolvimento... Mas os encontros da rota em si... Cara, eles são de fazer escorrer uma lágrima de felicidade... Obrigado Tachibana... Obrigado Tsunako...

Porém, eu diria que eu fechei o "good ending" da Tohka...
Assim, eu não tenho a menor ideia de quantos finais tem, quantos tipos de bad endings, quantas "rotas" ou seilá oq, já que estou jogando às cegas (sem um guia)... Mas a impressão que eu tive foi justamente a de um "good ending". Vou explicar:

O jogo tem uma "trama central", que envolve acontecimentos misteriosos na cidade e em alguns pontos em específico dela... E essa trama foi abordada APENAS na Common Route... Depois que acontece um bagulho que me faz entrar na rota de vez, o jogo muda completamente de figura, e passa a ser focado completamente na Tohka, esquecendo tudo da "trama central"...
Tá certo que eu fiz escolhas dentro da rota que me ajudaram a seguir nesse status quo... E justamente por isso eu fiquei com a impressão de que existiriam outros finais para essa rota da Tohka... Finais mais focados na "trama central"... Algo como "True ending", saca?
Eu guardei um savedata na maioria dos pontos de escolha, então poderei retornar a eles depois pra verificar.

Mas por hora, preferi recomeçar e escolher uma nova rota. Depois do desastre que foi a primeira rodada, vou agora escolher a rota da Origami.

De qualquer maneira, alguns últimos comentários gerais...

Eu já tinha noção de que eu iria adorar a Rinne do fundo do meu coração, mas devo admitir que ela SUPEROU MINHAS EXPECTATIVAS. Ela é linda, perfeita, maravilhosa, coisa de Deus, literalmente a melhor garota da série sem sombra de dúvidas e nenhuma ressalva.

Ok talvez minha opinião mude até o final do jogo... MAS POR ENQUANTO NÃO TENHO RESSALVAS.

Outro tópico a levantar é sobre a temática do jogo em si. Eu já li todos os spoilers do jogo, pois eu não esperava nem nos meus sonhos mais selvagens que ele seria traduzido um dia. Então eu já sei oq está acontecendo e tal...
Mas mesmo que eu não soubesse, o jogo não é NEM UM POUCO DISCRETO com relação a isso. Claro que os detalhes não são explicados, mas fica MUITO ÓBVIO oq tá rolando. Eu realmente quero terminar o jogo e ver todos os possíveis finais pra ver como isso é explicado.

Enfim, fechei a primeira rota com umas 10h de jogo, então creio que o jogo inteiro deva fechar com umas 50. Que jogo, amigos.
Responder
 #281
(06/09/2019, 00:28)Best Escreveu: Primeiramente gostaria de lembrar que essa novel é 100% canônica e todos os acontecimentos aqui presentes são reais.
A canonicidade de Rinne Utopia é comprovada pelo volume 10 e 11 da novel.

não adianta vini, me recuso a jogar outra VN. also, se todos os acontecimentos vão ser "apagados" no fim, não faz a menor diferença ser canon ou não.

mas... sei lá, gambatte?! -q
Responder
 #282
(06/09/2019, 15:59)J.C. Escreveu: não adianta vini, me recuso a jogar outra VN. also, se todos os acontecimentos vão ser "apagados" no fim, não faz a menor diferença ser canon ou não.

mas... sei lá, gambatte?! -q

VOCÊ É FRACO E NÃO IRÁ SOBREVIVER AO INVERNO, JOTA.

se for seguir essa lógica, pq vc assiste/lê/joga literalmente qualquer coisa de fate/? São tudo linhas do tempo alternativas que são apagadas em outras obras.

Você joga pelas personagens; pela interação com elas; pela ótima dublagem; pelas CGs lindas da Tsunako; pelos encontros com as garotas; pelas piadas...

Mas principalmente, você joga pelos JUICY JUICY LORE BITS.
Quando você lê um negócio que foi feito LÁ ATRÁS, já sabendo de tudo que nós sabemos HOJE, você percebe uma cacetada de nuances que poderiam passar despercebidas por um "leigo". E são pequenas peças de um grande quebra-cabeça que vão se encaixando.

Ao longo das minhas postagens eu vou continaur tentando te convencer de que o jogo é bom. Me aguarde.

Aliás, umas atualizações quanto ao meu post original, já que eu joguei mais um pouco:

Spoiler:  
- KURUMI É UMA HEROÍNA SIM!
Fiz algumas escolhas diferentes nessa segunda rodada (estou indo pra rota da Origami, que é hilária btw), e com elas, a Kurumi apareceu no mapa. Detalhe que ela é, até então, a única personagem que aparece no mapa com dois sprites: Estudante e Lolita Gótica (casual).

- O FINAL QUE EU PEGUEI REALMENTE É O "GOOD ENDING" DA TOHKA!
Fui olhar as conquistas que eu já tinha liberado, e a descrição da que eu ganhei ao fazer aquele final era exatamente o que eu estava esperando: "Watched Tohka's Good Ending in Rinne Utopia". Eu até acertei o uso de Good/True/Bad no contexto ali, fiquei impressionado.


Era isso, o resto comento quando fechar a Origami
Responder
 #283
okey vamos lá:

*"se for seguir essa lógica, pq vc assiste/lê/joga literalmente qualquer coisa de fate/?"
falso: não joguei hollow ataraxia, nem unlimited codes, e o ultimo anime que eu vi foi o fate de 2015, e olha que saiu coisa pra caraleo relacionado a fate desde então, um deles envolvendo a nero, meu 2° servo favorito da franquia.

*"São tudo linhas do tempo alternativas que são apagadas em outras obras"
mais ou menos verdade. o que acontece nessas linhas é "aconteceu coisa X, mas com poucas diferenças". tipo, FZ não está na mesma timeline que SN, mas as diferenças entre eles é mínima. also, nada foi apagado for real como o que eu entendi que aconteceu no final de DaL, onde todo mundo esquece absolutamente tudo e vida que segue.

*"Você joga pelas personagens"
um dos motivos que me faz cogitar em jogar (até eu lembrar que a origami existe -q), mas ainda não o bastante.

*"pela interação com elas"
thanks but no thanks. não curto esse lace de me "inserir" na história.

*"pela ótima dublagem"
oh olá, prazer em conhecê-lo, pode me chamar de jota, o cara que nunca presta atenção em coisas como estudios, dublagem, direção...

*"pelas CGs lindas da Tsunako"
bem provável que eu já tenha todas salvas no HD -q

*"pelos encontros com as garotas"
kkkkkkkk... não '-'

*"pelas piadas"
o outro motivo.

**"Ao longo das minhas postagens eu vou continaur tentando te convencer de que o jogo é bom."
oh mas eu não questiono o quão bom o jogo é, eu só não quero jogar pq não curto o "estilo" do jogo. acontece comigo em guitar hero, jogos de luta no geral, shadow of colossos... não questiono a qualidade de nenhum deles, só não me interessam at all.

no mais é como eu havia dito:
*não vou me forçar a fazer algo que eu não gosto por mais de 50 horas se eu poderia estar fazendo algo que pelomenos pra mim é mais interessante. porém fique a vontade para postar e tenha a certeza de que eu vou ler, mas isso é tudo o que eu vou fazer: ler.

tenha um bom jogo seu otaku fidido vini -q
Responder
 #284
Yada yada

Terminei o Good Ending da Origami! Vamos comentar sobre.

Mas primeiro, vou fazer uma coisa diferente.
Já que o JC não pretende jogar o jogo de jeito nenhum, eu vou dar uma resumida nos acontecimentos, e ir comentando as coisas novas que eu descubro em cada rota.

Spoiler: Resumo da Common Route  
(Lembrando que isso acontece num período próximo do volume 4, e tudo é em primeira pessoa, da perspectiva do Shidou)

Basicamente o jogo começa com a Tohka perdendo o controle dos poderes no telhado da escola, e o Shidou tentando salvá-la. O que acontece é que o Shidou acaba sofrendo muitos danos e desmaia nessa brincadeira.
Ele tem uma visão de uma garota com uma roupa muito estranha e voz "estranhamente familiar", falando coisas como "eu estarei aqui com você sempre".


== DIA 1 ==

Ele acorda sem saber oq está acontecendo, na casa dele. Ele descobre que ficou inconsciente por VÁRIOS DIAS, mas ele não lembra de nada do que aconteceu. Leva uma boa hora de explicação pra ele começar a lembrar que a Tohka tinha perdido o controle e bla bla. Tudo bem.

A Kotori conta que, enquanto ele esteve dormindo, aconteceram algumas coisas estranhas na cidade. Toda a comunicação externa foi cortada, e muitos dos aparatos da Fraxinus dependem disso. É como se houvesse uma interferência que não deixasse nada entrar ou sair de Tengu City. Por conta disso, a equipe da Ratatorsk na Fraxinus está com suas capacidades extremamente limitadas.
Além disso, por conta dos acontecimentos do final do volume 3 e do volume 4, os poderes do Efreet estão meio instáveis, e majoritariamente com a Kotori. Ela enfatiza diversas vezes que "Você não está invencível, Shidou, tome cuidado pra não morrer".
Ela também diz que por causa de toda essa situação, os espíritos estão instáveis, e podem acabar perdendo o controle dnv. Por isso, o Shidou precisaria trabalhar em estabilizá-las, indo em encontros com elas. You know the catch.

Daí beleza, eles vão indo pra escola, e ao sair de casa pela primeira vez, ALGUMAS COISAS BIZARRAS ACONTECEM:

1º: O Shidou vê uma ENORME TORRE com um design modernista e tal ao fundo da cidade. Ele fica tipo "mas o que a foda é isso???", mas todo mundo diz "ué shidou vc ainda tá com amnésia? Essa é a Neo Tengu Tower, ela está sendo construída há algum tempo e deve ficar pronta dentro de algumas semanas. É o novo símbolo da cidade, e vão aposentar a Tengu Tower". O shidou fica extremamente confuso, mas aceita que provavelmente é por conta de ainda estar meio doente.

2º: Uma garota de cabelos curtos e rosados surge. O Shidou parece não reconhecê-la, mas todo mundo a conhece. Seu nome é Rinne Sonogami, ela é vizinha do Shidou e eles são amigos de infância. Ela é linda e maravilhosa e perfeita e é dublada pela KanaHana. O Shidou sente um desconforto por não lembrar imediatamente da amiga tão querida dele, mas aceita que provavelmente é por conta de ainda estar meio doente.

<Primeiro Dia de encontros acontece aqui, você tem 2 encontros>

Naquela noite, você tem o mesmo sonho, com a garota dizendo coisas parecidas com antes, "eu estou com vc" blabla


== DIA 2 ==

No dia seguinte, o Tonomachi chega com uma história cheia de abobrinha sobre uma lenda urbana da cidade de Tengu, a VACA DE TENGU, e como o espírito da Vaca deve estar aborrecido, pois houveram diversos casos de sumiços de animais de estimação recentemente. Ele consegue convencer todo mundo (Shidou, Tohka, Rinne, Origami, Kotori e Yoshino) a ir até o lago no extremo oeste da cidade, onde "reza a lenda" que o espírito da Vaca foi selado, para fazer uma oferenda.

<Segundo dia de encontros, 2 encontros>

Naquela noite, todo mundo chega lá mas o Tonomachi mesmo não aparece. Eles ficam preocupados e o Shidou sai pra procurar o Tonomachi (e aqui tem uma cena onde a garota que vc tiver mais flags no momento vai atrás de vc te ajudar). Nesse momento eles encontram um CROCODILO, e o clima que já tava 300% assustador fica completamente doido.
O Crocodilo some, porém, pois a KURUMI APARECE E SEQUESTRA O CROCODILO (queria estar brincando ou exagerando, mas é EXATAMENTE ISSO que acontece), e no final das contas eles desistem de fazer a oferenda e simplesmente vão embora.
Ao deitar pra dormir, o shidou tem o mesmo sonho DE NOVO.


== DIA 3 ==

No dia seguinte rola o FESTIVAL ESPORTIVO. O Shidou não participa pois está em recuperação, então ele pode ir assistir algum dos outros eventos. A Tohka joga Tênis (e perde a partida), a Origami joga Vôlei (e apesar de ser mto boa, o time perde por pouco), enquanto a Rinne joga Lacrosse (eu não sei se ela ganha ou não, n fiz ainda).

<depois do festival acabar, tem o 3º dia de encontros, 2 encontros aqui>

De noite, a Kotori aparece pra falar sobre a cidade. Com a capacidade limitada da Fraxinus, as pesquisas estão bem lentas, mas eles conseguiram concluir que existe uma enorme BARREIRA ao redor da cidade. Ela fica confusa pq uma barreira tão grande, tão forte e tão camuflada precisaria de alguma coisa apoiando sua existência. Ela suspeita que exista algum "pilar" mantendo essa barreira.
Ao ir dormir, mesmo sonho.


== DIA 4 ==

Outro dia, e a Tohka preparou almoço pro Shidou, rola uma comoção etc.

<4º dia de encontros, 2 encontros aqui>

Nessa noite, o Shidou ouve falar sobre um "monumento" que existe próximo da Tengu Tower (a antiga), e fica bem confuso pois ele realmente não se lembrava disso existir, mesmo tendo visitado a Tengu Tower várias vezes. Daí ele resolve ir visitar esse monumento. Ele aproveita pra levar alguma das garotas num encontro, já que a Tengu Tower vai fechar em breve. A opção de levar a garota aqui deve depender do número de flags, pois na primeira rodada eu tinha só a Tohka e a Yoshino (as duas q eu tinha saído várias vezes), e já na segunda rodada, apareceu também a Origami como opção.
Independente de quem você leva pro encontro, o evento é basicamente o mesmo: Ao se aproximar do monumento, uma distorção espacial acontece e ambos shidou e garota são "teleportados" pra uma versão alternativa daquele lugar (é praticamente igual a midnight hour -q), e uma criatura que parece um espírito aparece, atacando os dois. A Garota que vc trouxe defende vc (a Origami usa uma CR-unit pra isso), e vcs conseguem escapar.
Porém, as três garotas (que eu joguei até agr) falam a mesma coisa: Esse "espírito" estava se contendo. Era como se ele tivesse errado os ataques propositalmente. O famoso "tiro de aviso".

O shidou conta isso pra Kotori, e ela chega a conclusão que esse monumento é um "pilar" da barreira que cerca a cidade, porém, que devem existir outros pilares, e esse "espírito" era como um "guardião", evocado por algum espírito de verdade, pra proteger o lugar e não deixar ninguém chegar perto.
Nessa noite, não há sonho.


== DIA 5 ==

Os eventos do dia seguinte são um pouco engessados dependendo das suas flags, apesar de ainda estarmos na common route: Você vai almoçar com a garota que tem mais flags, e rola alguma comoção relacionada a garota e aos encontros dos dias anteriores (fiquei impressionado com a capacidade de fazer uma história concisa mesmo com pedaços tão descontínuos).

<Aqui rola o 5º e último dia de encontros. Você só tem um dessa vez.>

Na noite do quinto dia, o Shidou resolve dar uma volta sozinho pra "pegar um ar", e ele vai até o parquinho próximo. E aqui é onde acaba a Rota Comum e começa, de fato, a rota das heroínas.

O primeiro bad-ending que eu peguei foi justamente aqui. Quem eu encontrei no Parquinho foi a Rinne. Ela disse que eu estava sendo indeciso demais, e que eu precisava escolher alguém, se não "isso é muito desrespeitoso com as garotas". Basicamente eu cai no bad-ending de "não ter flags o suficiente com nenhuma heroína". Depois de voltar pra casa e ir dormir, rola uma DISTORÇÃO ESPACIAL, a garota dos sonhos aparece e diz algo como "ninguém pode ser feliz nesse sonho... espero que no próximo você consiga alcançar a felicidade", me dá um "To be Continued" e me joga pra tela inicial.
Esse parece ser o evento padrão para Bad Endings: Distorção espacial, garota do sonho dizendo que ninguém pode ser feliz, "TBC" e tela inicial.

Mas de qualquer forma, se você não cair nesse bad ending aí, quem você encontra no parquinho é justamente a guria que tiver mais flags. Ela diz que está ali pois a Rinne disse q vc estava indo pro parquinho. As duas rotas que eu joguei até agr tem uma escolha NESSA CENA, e elas parecem ser bem óbvias do tipo "tu quer entrar na rota ou cair num bad ending assim q voltar pra casa?", mas eu joguei safe e até agr escolhi sempre a óbvia positiva.

Nessa noite, quando você volta pra casa, a Rinne aparece pra falar com você, e EU JURO PRA VC que essa cena chega a arrepiar de tão ATERRORIZANTE que ela soa. Não pq ela te dá susto ou algo assim, mas é um terror psicológico BIZARRO. Só jogando mesmo pra entender.
Mas enfim, oq ela vem falar com vc é: "Ah Shidou, parece que você fez uma escolha, né? Você quer passar o seu tempo com FULANA, então? Me prometa que você vai cuidar dela e vai dar toda a sua atenção pra ela a todo o momento, e que ela será pra sempre a sua prioridade, ok?" e vc fica tipo "ah blz haha claro que sim" mas a Rinne vira PUTASSA "não, vc tem que ME PROMETER" e aí ele promete e a rinne responde "ótimo! Então mantenha essa promessa, ein! Se não, vc vai pagar!" e o shidou fica super "eita n precisa me ameaçar tbm né", mas ela só responde com uma risada e um boa noite.
Assim que vc responde o boa noite, rola uma DISTORÇÃO TEMPORAL e a Rinne desaparece. O Shidou meio que aceita que ele provavelmente se perdeu em pensamentos por um tempo e a Rinne foi embora, e vai dormir.

O dia seguinte já começa como a rota da garota.


E agora, algumas informações que eu consegui na rota da Tohka, que eu não cheguei a comentar antes:

Spoiler: Infos de história na Rota da Tohka  
Como eu cheguei a falar, a Rota da Tohka é bem "direta" no sentido de, depois da "promessa" com a Rinne, tudo que rola é encontros e tal, e a "trama principal" desaparece de vez.

Mas durante os encontros com a Tohka na Rota Comum, algumas infos aparecem:

- O parque da cidade (vc sabe, o lugar FAMOSO onde rola praticamente tudo da novel, que tem aquele lugar com visão pra toda a cidade em baixo, saca?) parece ser um dos outros pilares da barreira.

Quando a Tohka e o Shidou tentam subir para a parte mais alta do parque, acontece um bagulho estranho onde parece que as escadas não acabam nunca, não importa o quanto ele subisse... E aí ele desiste e volta pro nível inferior. Nisso, ele encontra a Rinne e ela diz que "o acesso a parte superior do parque está fechado pois estão em reforma", o Shidou fica "ué???" mas ele vê uma notícia no jornal naquela noite falando justamente sobre essa reforma.
Com certeza isso foi um mecanismo de defesa da barreira, mas como isso acontece ANTES da Kotori falar sobre os "pilares", nunca foi explicado mais a fundo.


Acho que de info relevante, foi só isso mesmo, na real.

E agora sim, a Rota da Origami de fato. Puta merda eu vim aqui falar sobre a rota da Origami, mas já fazem 2h que eu tô digitando e nem comecei... kkkkkkkkkkkkkkk

Spoiler: Good Ending da Origami  
Vei, que errado.

A Rota Comum começa com um "putz, a Origami vai se fuder por causa daquela treta que rolou no volume 4 né? Pode rolar até dela ser desligada da AST. Se isso acontecer, não sabemos oq ela pode tentar fazer pra continuar sua vingança contra os espíritos... Talvez fosse importante ir em encontros com ela também, pra garantir a estabilidade mental dela, né?", e nisso ela se torna um dos possíveis alvos de encontros.

Os encontros com a Origami são um bagulho bizarro pq eles mudam da água pro vinho toda santa vez. Eles são HILÁRIOS e daí do nada viram um "lembra dos meus pais assassinados?". Toda santa vez, puta merda.

É basicamente isso até entrarmos na Rota. Quando entramos na rota, lá no parquinho, prometemos ir num encontro no dia seguinte. E é isso que acontece.

Porém, esse encontro é interrompido pq a Origami recebe uma ligação da AST, falando que eles captaram um sinal de espírito. Ela larga tudo e vai atrás disso.
Nesse momento, o Shidou liga pra Fraxinus pra ver se eles conseguem rastrear a Origami, e quem atende é a Reine. Ela diz que, por conta dos problemas atuais, ela levaria um tempo pra fazer isso. Daí surge uma escolha:

Esperar a análise da Reine, que é o mais seguro;
OU
Ir correndo atrás da Origami sem eira nem beira.

Considerando os 300 avisos que recebi da Kotori, eu imaginei que seria mais seguro esperar. E aí eu caí no único bad ending dessa rodada... Mas puta que pariu que ÓDIO.

Vc escolhe esperar, e oq acontece é que, já que vc esperou, a ORIGAMI MORRE.
Sério, ela morre, bate as botas, vai pro xilindró.
Mas sabe oq é pior?????????????? O JEITO QUE ELA MORRE.
Não é como se ela tivesse morrido em batalha contra o espírito ou algo do tipo.
ELA MORRE ATROPELADA POR UM CAMINHÃO.
ELA FOI ATIVAR A CR-UNIT DELA E FOI ATROPELADA NO PROCESSO, MORRENDO NA HORA.
NA MORAL???????? VAI TOMAR NO CU esse foi a coisa mais IMBECIL que eu já vi em toda a minha VIDA vai se foder.

De qualquer maneira, ao descobrir que ela morreu, o Shidou fica completamente desesperado e... Bad Ending padrão: Distorção temporal, "ninguém pode ser feliz" etc.

Beleza, voltei tudo e escolhi ir atrás dela.
Ela foi pro Lago no Oeste da cidade (o mesmo lugar que tínhamos ido visitar a VACA), e vc chega lá e encontra ela SUPER FRUSTRADA. Parece que o sinal foi um falso positivo, e não tinha nenhum espírito ali.
Nisso, ela chega mais perto da casinha que tem lá no lago, e BOOM distorção temporal, midnight hour, outro "guardião". Ela protege o Shidou e eles conseguem derrotar o guardião, voltando pra realidade.

Voltando pra casa, o Shidou vira e fica tipo "poxa, eu queria conhecer as emoções da Origami... Mas eu estava pensando nas emoções felizes... Ver ela frustrada desse jeito me deixou pensantivo. Eu preciso conseguir fazê-la sorrir!".

Daí o resto da Rota da Origami é basicamente o Shidou tentando fazer a Origami sorrir, e a Origami sendo edgy "eu não sou capaz de sorrir antes de vingar meus pais" e blablabla. Rola várias comoções quanto a isso, pq o Shidou não quer que a Origami mate os espíritos e etcetcetc.

No final, o shidou manda um "bem blz, então eu vou tentar ocupar seu coração cada vez mais, até que minha parte nele seja maior do que a vingança". Eles se casam e tem um bebê. E a última cena da rota é a Origami sorrindo pela primeira vez.

Muito errado.

PONTOS INTERESSANTES sobre a rota:

- A casinha no lago ao oeste é um dos pilares da barreira (autoexplicativo);

- Aparentemente, os "pilares" parecem "atraír" os espíritos.
Ao NÃO escolher a Tohka no primeiro encontro do terceiro dia, vc recebe uma cena obrigatória onde vcs vão pra escola juntos no dia seguinte, mas a Tohka está distraída, e acaba andando "a esmo" pro caminho errado. Ela "acidentalmente" foi em direção a Tengu Tower, e chegando lá, rola uma mini distorção espacial, mas a tohka "decide ir embora" abruptamente.
Essa cena só confirmou uma ideia que eu tinha com base na primeira rodada jogando... Pq acontece uma duas vezes na Rota d Tohka, de ela "andar a esmo" e ir parar justamente... No lago a oeste da cidade. Agora que eu sei que lá também é um pilar, isso faz muito sentido.

- MUITAS, MAS MUITAS "dicas" sobre oq estaria por vir nos volumes 10 e 11.
Uma boa parte da rota é sobre a discussão da vingança da Origami, e sobre ela demonstrar sentimentos. Sabemos que ela não demonstra nenhum pois, 5 anos atrás, ela "entregou-os para o Shidou carregar". Essa cena da novel é pesadíssima e muito foda. Tem uma parte da treta que ela praticamente vira e fala "O motivo de eu não poder sorrir é você, Shidou", mas ela é interrompida por ele, na defensiva, mandando um "ei não coloque a culpa em mim".
Eu fiquei PUTO DEMAIS nessa parte pq PORRA MANO é culpa sua sim!!!! você só não lembra pq não aconteceu ainda!!!! desgraça!!!!!!!!!!!!!! foreshadowing!!!!!!!!!!!!!!!!!! aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Basicamente foi essa a rota da Origami. Foi muito ENGRAÇADA, isso eu tenho que admitir. Mas como eu não sou muito fã da Origami, não SENTI tanto quanto a rota da Tohka. Foi muito bom anyway.

Pelo meu ritmo, vejo que o jogo é 5h de rota comum + 5h por heroína. Deve fechar em 50 mesmo.

Na próxima rodada eu tentarei a rota da Kotori. Coitada, até agora eu não saí com ela nenhuma vez.
Responder
Páginas (19): « Anterior 1 ... 15 16 17 18 19

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes