Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.


Tópico em 'Temporada Finalizada' criado por Best em 14/01/2020, 17:38.
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
0 votos
10 respostas neste tópico
 #1
[Imagem: 91AiHZb.png]

Ficha técnica:

Título: Rikei ga Koi ni Ochita no de Shoumei shitemita.
Título alternativo: SCIENCE FELL IN LOVE, SO I TRIED TO PROVE IT / RikeKoi | Japonês: 理系が恋に落ちたので証明してみた。
Formato: TV
Gênero: Comédia, Romance (Segundo MAL)
Estúdio: Zero-G
Data de estréia: 11/Jan/2020
Número de episódios: Provavelmente 12
Maiores informações: [My Anime List]

Sinopse MAL:  Yukimura Shinya and Himuro Ayame are two scientists that want to find out if love can be solved by a scientific theory. These two scientists also have feelings for each other and want to be able to solve their feelings through similar theoretical facts. With this perfect opportunity, these scientists will attempt to solve the theory of the love they express for each other.
Responder
 #2
PRIMEIRAS IMPRESSÕES: SCIENCE FELL IN LOVE, SO I TRIED TO PROVE IT 1~3


É justamente quando você imagina que já inventaram tudo quanto é possível, que você é pego de surpresa por algo que nunca estava esperando. O terceiro princípio da comédia pode ser aplicado tanto para o show em si, quanto para sua premissa.

SciLove (que eu abreviarei por preguiça) é tudo aquilo que uma comédia deveria se inspirar. Por ser o mais puro suco de desgraçamento mental que eu vi nos últimos tempos, englobando tanto a normalização do absurdo quanto o clássico Manzai na sua fórmula de RomCom, o show consegue agradar um público bem vasto de admiradores do humor.

Porém, acredito que o animê seja especialmente tragicômico para quem está familiarizado com a temática e ambientação dele: A pesquisa científica universitária. O choque de realidade foi tão grande que chegou a dar um aperto no coração, pois mesmo sendo de áreas diferentes (no show, eles são das Ciências da Computação, enquanto eu trabalho com Química), parece que todo laboratório é igual, né... Os mestrandos e doutorandos discutindo temas completamente tangentes ao trabalho; os graduandos perdidos e sem saber o que fazer da vida; o orientador - e responsável pelo laboratório - não dando as caras por dias; literalmente todo mundo usando o espaço do laboratório para tomar café e jogar joguinhos ao invés de fazer algo útil...
São detalhes que podem passar como piadas - e muito provavelmente são, mesmo! - mas que, como toda piada, tem um fundinho de verdade.

Outro ponto que o show trabalha maestralmente é a (sub)utilização de conhecimentos científicos. Já cheguei a ter crises em outras postagens por conta do maldito Gato de Schrödinger sendo citado erroneamente em tudo quanto é obra pseudo-cult, e quando SciLove parafraseou Pitágoras em seus primeiros VINTE SEGUNDOS, eu estava preparado para o pior. Felizmente, eles parecem saber o que estão fazendo dessa vez, e tem até uma pequena esquete todo episódio onde um ursinho de pelúcia te ensina algum termo técnico na base da porrada.
E mesmo quando eles cometem algum erro teórico ou abusam um pouco da boa vontade da audiência, fica tudo dentro da licença poética e acaba virando o mote para alguma piada, exatamente como deveria ser.

Como nada é perfeito, eu tenho uma única reclamação sobre o animê. Ou melhor, uma INDIGNAÇÃO sobre moda. Sim, moda.
Esses caras são da área de ciências da computação. Eles trabalham com dados, números e computadores. O material mais perigoso que existe dentro daquele laboratório são as latas de cerveja na geladeira. POR QUE DIABOS ELES USAM JALECO?
Tá bom, tá bom, eu entendo que o Jaleco acaba sendo mais uma ferramenta de roteiro e uma forma de arraigar o esteriótipo de "cientista" nas personagens, eu sei disso... Mas nossa, que ódio sobrenatural que me deu!
A pior parte é que, mesmo que eles PRECISASSEM usar jaleco (coisa que não precisam), eles estão quebrando umas vinte e sete regras de segurança ao vestir o jaleco com saias, bermudas, chinelos, calçados com salto, meias-calças, cabelo solto...

Na parte técnica, não tenho muito o que comentar. O show é extremamente feijão-com-arroz e trás aspectos bem medianos tanto em arte, animação, direção, música e dublagem. Se bem que, nos dias de hoje, estar na média em todos esses quesitos por três episódios inteiros já é mais do que o esperado, não é? Cortesia do estúdio Zego-G (que animou "Grand Blue" e "My Roommate is a Cat"), com direção de Tooru Kitahata (responsável por, entre outros títulos, "Haganai" e "Hinako Note").
Se bem que, tanto a Opening quando a Ending são excepcionalmente boas.

Resumindo: Uma comédia de rachar o coco de tanto rir, que funciona muito bem para o público geral, e tem um gostinho especial para quem já adentrou esse mundo. Estou positivamente surpreso com a qualidade do show e da força de seus primeiros três episódios, e não poderia dar uma nota menor que 9/10 para a minha primeira estréia de 2020.
Responder
 #3
encontro científico 4

Aiai esse anime é bomd+ eu morri de rir com esse ep

sinceramente, na hora que ela TIROU UMA APRESENTAÇÃO DE POWERPOINT pra dar um fora no maluco.............. mano eu perdi completamente os lados, sem condições

e a piada de hj de eles ficarem apertando os botãozinho e cada hora aparecer um botão aleatório diferente foi mto bom tbm

de vdd eu to curtindo mto essa merda vai se fude eles são completamente retardados
Responder
 #4
análise combinatória romântica 5

pyta merda esse anime me faz morrer toda semana kkkkkkkkkkkkk sem condições sinceramente

depois de CINCO episódios finalmente o coordenador do laboratório deu as caras. É exatamente como na vida real! peloamor de deuskkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
E ele parece ser um personagem bem divertido. Gostei da gimmick dele e parece que vai acrescentar bastante ao elenco.

Aliás, esse episódio teve a segunda esquete com um foco na loli e no loirinho e puta merda eu não consegui aguentar não eu morri rindo
a loli ali completamente sem condições não dá não vei puta merda

dá pra perceber o quão SEM PALAVRAS eu estou né? Todos os comentários são só ofensas direcionadas aos quatro ventos. E é pq o anime é simplesmente muito incisivo mano não dá pra fazer comentários pq qlqr comentário seria simplesmente explicar a piada saca

mas ainda assim q anime sensacional pqp
Responder
 #5
BIG MOOD 6

puta que pariu eu morri de rir nesse episódio

incrível como toda a equipe que faz esse anime MANJA PRA CARALHO do ambiente acadêmico. O professor virar e falar "porra bicho isso é matemática de ensino médio tu devia saber" foi real as fuck, quase chorei de tristeza :'(

E os experimentos foram ótimos pqp, ficou muito bem trabalhado a PERSONALIDADE de cada uma das personagens, e como elas funcionam em cada combinação. Eu particularmente gosto muito da Ibarada. Acho que a interação dela com praticamente todo mundo é mto legal kkkkkkkkkk

e bicho O HELICÓPTERO ME DESTRUI COMPLETAMENTE jesus amado vai se fudeeeeeeeeee

que show maravilhoso
Responder
 #6
ÚLTIMO TEOREMA DE FERMAT 7

pois é rapaz eu fiquei igual um retardado tentando provar um teorema que levou 350 anos pra ser provado

mas bem, esse episódio foi bem bom.
Não foi TÃO engraçado como os outros, mas a parte de todo mundo bêbado foi ótima, e os contos de fadas sempre tinham uma pegada inesperada que me fazia rir.

Foi o episódio mais fraco dos 7 até agoro, mas continua bom pra caralho
Responder
 #7
MASSAGEM NOS MAMILOS 8

ah não mano eu não acredito que eles introduziram uma personagem nova no EPISÓDIO OITO e ela vai simplesmente criar confusão de livre e espontânea vontade kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
isso vai ser maravilhoso

A primeira parte do episódio tbm foi boa pra caralho, meu deus como eu ri. O Torasuke descobrindo que podia fazer pesquisas sobre eroges foi de fuder kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

aiaii esse show é mto bom
Responder
 #8
Episódio obrigatório de praia ™ 9

eh, esse episódio foi bem fraquinho, tbh
tirando a parte do Torasuke indo defender a loli de schrodinger, não ri muito não

Assim, tiveram algumas esquetes engraçadas, tipo eles chamando o Yukimura de REFLETOR, ou a mina nova se individando totalmente
mas não me fizeram rir OH CÉUS q engraçado
foi só "assoprar ar do nariz"

mas bem, continua legal
Responder
 #9
Apresentações™ 10

Episódio também fraco, mas melhor que o último, tbh

as tretas entre os alunos e os professores até que foram engraçadas, em especial a do kosuke
E mesmo sendo a personagem mais normal dentre todas, a Kanade consegue trazer alguns momentos engraçados

mas a real é que esse anime caiu DEMAIS de qualidade. Digo de qualidade "cômica", pq os episódios estão cada vez me fazendo rir menos. Os primeiros foram hilários e me quebraram completamente, mas parece que a piada ficou velha, não sei.

Talvez esteja me precipitando, mas vamos ver, só tem mais dois episódios mesmo.
Responder
 #10
PROCURANDO ENCRENCA, E SE NÃO ENCONTRAR, IREI CRIÁ-LA 11

MANO
EU SABIA
A MINA TEM 100% CHAOTIC ENERGY
ELA É LITERALMENTE O PASSARINHO DO MEME

puta que pariuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Ok como esperado, essa segunda etapa começou a focar mais na "trama" e no "desenvolvimento" e por conta disso, diminuiu o foco na "comédia".
E tudo bem, afinal, esse tipo de coisa sempre acontece. O problema é quando a "trama" não é legal, daí a gente perdeu a comédia pra uma trama bosta.
POR ENQUANTO está razoável a trama, então estou aceitando. Mas como eu sou muito mais um cara de comédias, eu preferia quando era mais comédia.

mas puta merda a mina é completamente o passarinho do meme meu deus do céu
Responder
 #11
Science Fell in Love, So I Tried to Prove it 12 - FIM

Bem, acabou.

O episódio em si foi bem melodramático e extremamente "out-of-character" pro show, mas confesso que perdi completamente na hora que eles se encontraram e ele começou a xingar adoidado sobre a tese dela kkkkkkkkkkkkkkkkk valeu o episódio todo

no geral, o show foi bacana, mas eu me decepcionei um pouco. O começo foi SENSACIONAL, com piadas muito bem elaboradas, uma comédia de nicho que acertava bem no MEU nicho e que trabalhou muito bem com o que tinha em mãos.
Mas lá pelo episódio 5 ou 6, o negócio começou a desandar. As piadas começaram a ficar menos frequentes e/ou menos elaboradas, eu comecei a rir menos a cada episódio até que esse arco de Okinawa meteu o pé na jaca e foi 100% drama.
Assim, não tenho nada contra esse tipo de coisa, é só que eu preferiria que tivesse continuado focando na comédia, saca? Eu sei que eventualmente tu precisa dar um tempo pra desenvolver as personagens e pipipi popopo, mas eu senti que a curva foi caindo muito rápido e ficou lá em baixo por muito tempo. Eu imagino que, como todas as obras desse gênero, a continuação desse arco no mangá deve voltar pro tipo de comédia do início. Sempre é assim, e se tiver uma segunda temporada, eu acredito que ela começaria tão boa quanto essa primeira.

A real é que eu continuo achando que a primeira metade do anime é 9/10, como dei no primeiras impressões, mas a segunda parte deu uma caída absurda, que eu diria que foi 6/10.

Daí a gente faz uma média e arredonda pra baixo e diz que o show como um todo foi 7/10. Divertido, legalzinho, mas esperava um pouco mais.
Responder

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes